Cursos online: entenda como funciona esse mercado

Com tantas opções disponíveis para gerar renda através da internet, os cursos online fazem parte de um mercado que vem ganhando destaque; entenda melhor sobre como ele funciona

Se você tem acompanhado o nosso blog, já deve ter visto que falamos aqui sobre como ganhar renda extra em casa, flexibilidade e qualidade de vida no trabalho e outros temas relacionados a carreira, produtividade e novas formas de empreender.

Tudo isso ajuda você a entender um pouco mais sobre o mercado de cursos online, mas de forma individual, como aplicada especialmente a você.

Para quem deseja se aprofundar no assunto, realizar investimentos e já tem planos a longo prazo, entender o mercado como um todo pode ser fundamental para dar uma perspectiva muito melhor na hora de adentrar o mundo do e-learning.

Por isso, nesta matéria você encontrará alguns dados e informações que trazem para nós um verdadeiro raio-x de como está (e como estará) o mercado de cursos online no Brasil e no mundo.

Vamos lá?

Fome de conhecimento

Quando analisamos os números, as projeções e os investimentos feitos na área do e-learning, podemos ver que esse é um mercado extremamente promissor e que vem movimentando fortemente a economia.

Só em 2014, vimos que o setor de EAD movimentou 165 bilhões de dólares. E até 2023 poderemos presenciar um crescimento total do segmento de 5%, fazendo com que se torne maior até que o ensino presencial.

Quando observamos esse aumento, podemos ver alguns fatores que podem contribuir para o mercado de cursos online. Principalmente em se tratando do cenário nacional.

Atualmente, o Brasil está se recuperando de sua maior recessão econômica, com mais de 12% da força de trabalho ativa desempregada.

Isso cria panoramas que contribuem para o crescimento do setor educacional, principalmente o de cursos na internet.

Primeiro, porque, com poucas vagas de trabalho, é natural que as pessoas busquem alternativas que contribuam para a renda mensal.

E é aí que muitas delas descobrem que podem empreender de forma fácil, eficiente e sem burocracia em plataformas e-learning como o Sapium. Muitas dessas pessoas, inclusive, descobrem um trabalho com muito mais qualidade de vida e fazem dessa renda extra uma nova e promissora carreira.

E, ao mesmo tempo em que, de um lado da moeda temos aqueles que seguem pelo caminho do ensinamento, do outro, temos os que decidem se qualificar e aprender novas áreas para encontrar um espaço no mercado de trabalho.

Com isso, a demanda por conteúdos online vem se tornando cada vez maior, o que abre espaço para um mercado saudável, competitivo e com materiais de qualidade.

Isso fez com que até mesmo grandes universidades, renomadas internacionalmente, passassem a disponibilizar cursos específicos para plataformas online.

Ou seja, os dados nos mostram que há uma grande demanda por cursos na internet, e que talvez esse seja um dos melhores momentos para empreender nesse ramo.

Mas espera. Como começar a fazer isso? Calma, nós vamos te explicar.

Luz, câmera, ação!

A maioria dos empreendimentos, mesmo que pequenos e remotos, como pela internet, requerem um bom investimento e um estudo prévio de fornecedores, plataformas, estratégias, questões legais e mais um monte de coisas que podem te tomar um belo tempo.

Para quem decidir dar suas aulas online, a história fica um pouco melhor. Geralmente, o investimento não costuma ser alto e é pouco complexo. Dentre os equipamentos essenciais para gravar as aulas estão:

  • Câmera de qualidade – você pode procurar por câmeras/webcams e até mesmo celulares com resoluções partindo de 1920×1080. Em alguns casos, também será necessário utilizar um acessório como um tripé ou estabilizador.
  • Microfone de qualidade – o áudio muitas vezes será até mais essencial do que a imagem. Imagine seus alunos conseguirem te ver perfeitamente, mas não entenderam direito o que você fala? Por isso, invista em bons microfones de lapela, ou os que puderem captar a sua voz sem ruídos mesmo a uma certa distância.
  • Boa conexão com a internet – você terá que subir diversas vídeo-aulas frequentemente e, como os arquivos terão boa qualidade, será necessária uma boa conexão para que você não perca dezenas de horas fazendo isso. Além disso, a estabilidade da conexão também é importante para o atendimento aos seus alunos. 
  • Lousa/caneta – esses itens podem variar e depender do tipo de conteúdo que você venderá, mas, geralmente, eles são muito úteis para ilustrar o que você estiver falando e ajudar na didática da aula.

Quando falamos em equipamentos de qualidade, não significa que você tenha que investir muito dinheiro no que há de melhor no mercado. Apenas assegure que o seu conteúdo tenha credibilidade quando for reproduzido por pessoas que ainda não conhecem você.

Com o tempo, você pode ir aprimorando o seu material e deixando suas aulas ainda mais profissionais.

Para onde ir?

Depois de ter feito esse investimento inicial, é provável que você queira saber por onde começar na questão de conteúdo, já que o mercado de cursos online é muito amplo e existem milhões de vídeo-aulas por aí sobre os mais diversos assuntos.

É claro que você tem que dar aula sobre um tema que seja da sua especialidade, mas nada o impede de se capacitar primeiro para depois começar a vender seus materiais.

Por isso, separamos aqui alguns dos cursos online mais procurados pelos brasileiros. Isso pode servir como um guia para você, como também pode ser um indicativo de que suas vendas sejam maiores nessas áreas. Dê uma olhada: 

  1. Introdução a finanças;
  2. Estratégia de negócios;
  3. Ideias inovadoras para novas empresas;
  4. Introdução à oratória;
  5. Liderança através da inteligência emocional.

Como você pode ver, as pessoas estão buscando muito conteúdo relacionado a negócios e desenvolvimento profissional. O que também é um belo insight na hora de montar as suas aulas.

E os lucros?

Certamente todo mundo quer lucrar na hora de vender o seu conteúdo, o que não é nada mais justo. Porém, como dissemos nessa matéria, existem muitos fatores que determinarão como será sua renda nesse segmento.

O que podemos garantir é que, no Sapium, você não paga mensalidades ou inscrições, e destina apenas uma pequena taxa das suas vendas para a plataforma, na qual você tem total suporte, auxílio no marketing pessoal e, claro, uma base gigantesca de alunos.

Quer começar a vender seu conteúdo, mas ainda ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo e responderemos rapidinho. Você também pode acessar o nosso blog e conferir matérias similares.

sapiumblog

2 thoughts on “Cursos online: entenda como funciona esse mercado

  1. Boa noite.
    Sou professora particular e gostaria de saber se essa plataforma só oferece o recursos para venda de cursos gravados…. Ou se há possibilidade de oferecer o cursos ao vivo.

    Desde já obrigada.

    1. Olá, boa noite, Thabata!
      Você pode oferecer cursos ao vivo de duas maneiras dentro da nossa plataforma:
      1) Através de aulas individuais ao vivo: você disponibiliza horários para os seus alunos e fica ao vivo com eles. É como se fosse uma aula particular virtual. Além disso, você pode escolher o valor da sua hora/aula e liberar os horários que você tem disponível para fazer os atendimentos/consultorias ao vivo.
      2) Você oferece um curso ao vivo, mas você precisa disponibilizá-lo através de outra plataforma, como o Zoom ou Youtube. Daí, você compartilha o link dentro da sala de aula, através da Sapium, para os seus alunos.
      Caso tenha ficado alguma dúvida, escreva para gente ou envie sua dúvida para o suporte@sapium.com.br
      Obrigada!

Deixe uma resposta