Storytelling: desvende e aplique no seu negócio

Quem nunca contou histórias ou narrativas? Essa é forma mais simples e efetiva de se transmitir uma informação, pois chama a atenção de quem ouve. Por isso, este artigo tem todas as informações sobre uma narrativa storytelling e como ela pode ser uma grande aliada para o seu curso digital, professor. Leia mais sobre storytelling exemplos de narrativas e histórias aqui! 

O que é a arte de contar histórias?

Você sabe storytelling o que é? Do inglês, significa “contando história”. Basicamente, um storytelling é uma técnica utilizada para fazer uma narrativa de forma relevante.

No empreendedorismo, é muito mais do que contar histórias, é poder trazer os seus clientes para o seu negócio, chamar atenção por meio de narrativas que possam agregar valores para os seus produtos e serviços. Afinal, todos os dias e em todos os momentos estamos contando histórias, então por que não trazer essa técnica para o seu empreendimento?

Mas não basta ser apenas uma narrativa inventada, uma característica específica da storytelling é transmitir a sua experiência e assim encantar o máximo de pessoas.

 O grande segredo da narrativa storytelling é usar a imaginação | Foto: Unsplash 

Característica específica do storytelling 

Quando estamos contando histórias para alguém, não nos preocupamos nas utilizações das palavras nem no enredo em que a narrativa terá que chegar. Mas utilizando um storytelling, é necessário reunir todos os elementos básicos: enredo, personagens e principalmente o ponto de vista narrativo.

Uma característica específica da narrativa storytelling é encantar o público, para isso, é muito importante saber fazer o uso correto da linguagem, isto é, saber que várias pessoas irão usufruir do seu storytelling, sendo pessoas de diferentes características, por essa razão, a linguagem precisa ser simples e de total entendimento.

Além disso, existe um outro fator: saber despertar a emoção. Quando queremos atingir a meta de atrair o público, precisamos fazer com que eles se sintam naquela narrativa de uma forma especial, geralmente, um bom storytelling utiliza de métodos visuais como imagens, animações e vídeos.

Storytelling e Marketing de Conteúdo

Atualmente, as empresas estão se modernizando e utilizando diversos recursos para atrair ainda mais os seus clientes. Todo mundo precisa do seu espaço no mercado, por isso, é preciso estar sempre atento às ideias inovativas, como um novo estilo de narrativa.

O storytelling ganhou visibilidade no marketing e vem sendo adotado pelas principais empresas de diversos ramos, principalmente na divulgação de um produto. Isso faz com que a marca seja conhecida e que os colaboradores se sintam motivados.

Os empresários encaram um grande desafio, que consiste em conseguir transmitir a essência da sua marca em uma narrativa que consiga não só trazer o público, mas também fazer com que, acima de tudo, ele se sinta motivado e identificado com aquele produto.

Dessa forma, o marketing de conteúdo e o storytelling andam juntos com o intuito de trazer uma conexão maior entre a sua marca e os seus clientes por meio de boas narrativas. 

Como montar um bom storytelling

Muita gente fala em utilizar um storytelling na comunicação, e isso não é à toa. A história é uma das maneiras mais antigas de se transmitir uma informação. A gente vem usando esse formato há muito tempo porque ele funciona.

Hoje, é possível utilizá-lo em vários lugares: em uma apresentação de powerpoint, em um comercial de televisão e principalmente na criação de uma marca.

Mas o grande problema é que muita gente não sabe como construir um bom storytelling. De nada adianta ter um excelente conteúdo se não saber estruturar e contar ele da melhor maneira. Pensando nisso, confira alguns atos para tornar esse método possível: 

Personagens

Em toda história, existe o começo, meio e fim. Entre eles, os personagens. O mais importante, além de tudo isso, é definir o seu protagonista. Nessa primeira parte, é importante mostrar a rotina deste personagem, pois é nesse momento que a audiência vai criar empatia. 

Cenário

É importante apresentar de cara o cenário onde essa história irá se passar, criando assim uma identidade visual na sua narrativa. 

Acontecimento

É aqui que precisa surgir algum conflito ou problema no qual o seu protagonista precisa juntar esforços para resolver. É essencial apresentar esse ocorrido logo no começo do seu storytelling, para você conseguir prender a atenção da sua audiência. 

Dificuldade

Nessa parte, o conflito precisa aumentar. Seu protagonista precisa enfrentar maiores dificuldades e então ele irá apresentar a resposta inicial para resolver o grande problema. 

Crise Final

Os conflitos começam a aumentar de maneira progressiva e seu protagonista se vê diante de uma crise em que precisa de qualquer jeito tomar uma decisão. 

Clímax

Aqui, finalmente o seu personagem principal é colocado cara a cara diante do problema apresentando a solução inicial. Essa solução precisa demonstrar a sua marca, o seu objetivo. 

Resolução

A resolução é a parte mais importante do seu storytelling, é aqui que você precisa convencer a sua audiência. Por isso, é necessário usar as palavras e os meios audiovisuais de forma com que seja objetivo através das ações do seu personagem principal. Se ele for bem-visto pelo seu público e conseguir convencer, a meta da sua narrativa será alcançada. 

Storytelling exemplos

Você com certeza já viu um bom storytelling que te motivou a adquirir um produto e não percebeu. Todos os dias, a gente se depara com um comercial de televisão, um anúncio na internet e até mesmo vídeos institucionais que te fazem olhar para aquela marca com outros olhos. 

Esse é o principal poder de uma narrativa no método storytelling. Por meio dessa narrativa, você pode convencer alguém de que o seu curso online é a solução para os problemas do público, por exemplo. Por isso, veja, aqui, alguns dos melhores exemplos de narrativas storytelling: 

1. Coca-Cola

A Coca-Cola é uma das principais marcas que utiliza uma narrativa para promover ainda mais o seu produto. Ela procura sempre associar a imagem da família, amigos e união ao refrigerante. Dessa forma, ela agrega valor e conquista audiência em suas peças publicitárias. 

2. Huggies

A Huggies é uma empresa fabricante de fraldas infantis e, nas suas maiores campanhas, utiliza a narrativa do storytelling para demonstrar a facilidade e o conforto que uma criança pode ter ao utilizar essa marca de fraldas. 

3. Spotify

O famoso serviço de streaming de música utiliza uma narrativa para contar as vantagens de adquirir o serviço e escutar suas músicas no aplicativo. A sua principal vantagem é usar dados para criar histórias originais. 

4. Google

O Google consegue atrair diversos públicos por meio de vídeos sobre eventos que interessam a todos. Construindo assim uma comunicação assertiva e uma grande variedade de emoções. 

Sapium

O storytelling é a principal arma da criatividade, assim, os melhores jeitos de alcançar o sucesso com esse método é explorá-lo. Para se aprofundar mais sobre o assunto, existem alguns cursos na Sapium focados em criar e vender conteúdo. Conheça-os, professor!

sapiumblog

Deixe uma resposta