Marketing digital: por onde começar?

O marketing digital é um importante aliado de professores que estão entrando no mundo do e-learning

Como professor digital, existem muitas dicas de diversos campos da internet que podem contribuir de pouquinho em pouquinho para o seu resultado final.

Você sabe, o velho ditado do vivendo e aprendendo. Nós acompanhamos um blog do qual tínhamos zero conhecimento sobre o tema que era abordado, então seguimos mais alguns conteúdos similares no Facebook e Instagram, através de posts, legendas, stories e transmissões ao vivo.

E assim, com o passar do tempo, evoluímos e nos percebemos como grandes conhecedores e até mesmo disseminadores daquele assunto que uma vez já foi um grande desafio para nós.

Esse é o caminho não apenas para se tornar uma autoridade no assunto, mas também para aplicar todo esse conhecimento durante a sua carreira de professor digital.

É por isso que, por mais complexo e amplo que um assunto possa parecer, muitas vezes, a recompensa de estudá-lo é inimaginável. Como é o caso do marketing digital.

Para quem está pouco familiarizado com ele, mas certamente já ouviu a respeito, o marketing digital representa uma ampla gama de ações em diferentes canais que visam um ou mais objetivos.

Falar simplesmente de marketing digital pode soar um pouco vago e até mesmo confuso para quem não lida com isso diariamente.

Mesmo assim, os professores digitais precisam se inserir nesse universo se quiserem alcançar bons resultados em suas carreiras no e-learning.

Por isso, vamos abordar por onde e como você deve começar a incluir o marketing digital dos seus cursos online.

“Começando do começo”

Muito bem, você iniciou sua carreira de professor digital e agora precisa entender mais a respeito das estratégias, como capturar leads, criar landing pages, o que postar, como ser uma referência no assunto e tudo mais. Mas vamos com calma.

É preciso realmente começar do começo. Caso contrário, você se encontrará em um fogo cruzado de informações sobre muitas coisas que te deixarão confuso e frustrado com os resultados.

Como falamos acima, dominar um assunto requer tempo e estudo contínuo de diversas fontes.

Por isso, não adianta querer criar estratégias de marketing digital superelaboradas que prometem resultados incríveis se você está dando os primeiros passos agora.

Afinal de contas, marketing digital não é uma definição imutável de algo complexo e que trabalha diversas vias.

E algo simples como criar uma página profissional nas redes que você irá trabalhar já é um excelente jeito de começar.

Como professor digital, você estará muito próximo de uma figura pública, e é importante que as pessoas possam lhe encontrar em diferentes canais para conhecer mais sobre você, seu trabalho e conteúdo.

Assim, o primeiro passo para iniciar os seus trabalhos de marketing digital é criar uma conta profissional nas redes que você trabalhará, que geralmente são Facebook, Instagram e LinkedIn.

Conquistando seguidores

Feito o primeiro passo, é hora de conquistar seguidores. E existem algumas formas para fazer isso.

A primeira delas, que também é a mais importante e que você deverá continuar fazendo independente de quantos seguidores tiver, é criar conteúdo relevante.

Esse tipo de material será a base para que você se torne uma autoridade no assunto e fará com que pessoas com dúvidas com relação à área que você trabalha encontrem você como uma das principais referências disponíveis.

Mas o que de fato é conteúdo relevante?

Todo e qualquer conteúdo que vise informar, sanar dores e ajudar o usuário em sua jornada.

Todos os usuários da internet iniciam constantemente novas jornadas, como a busca por um curso para se profissionalizar e qualificar, uma nova geladeira, como pintar o próprio quarto, quais suplementos tomar, etc.

Durante cada jornada, essa pessoa consumirá outros tipos de produtos, que são os conteúdos que forem mais adequados para ela, para ajudar nessa jornada e no processo de decisão.

É por isso que criar conteúdo relevante é tão importante. Ele agrega valor ao que você vende e traz utilidade para o usuário.

Depois do conteúdo

Tendo uma base de conteúdo para ser divulgada, você deve trabalhar (e investir) em outras ferramentas que as plataformas oferecem, como o Facebook Ads.

Um bom conteúdo orgânico gera interação de outros usuários, mas não podemos nos esquecer que o Facebook, Instagram e praticamente todas as outras redes sociais são um veículo de mídia, onde para ser consideravelmente visto é preciso pagar.

Mas está tudo bem. Afinal, temos que encarar a carreira de professor digital como um investimento que renderá bons frutos.

Uma vez que você estiver com conteúdos relevantes e – tão importante quanto – consistência nas publicações, você poderá utilizar da promoção paga do Facebook para atingir mais pessoas e aumentar suas chances de convertê-las em seguidores.

O impulsionamento pago é bastante flexível e você pode escolher valores e ver projeções de impacto na própria plataforma, que também é bem intuitiva e fácil de usar.

Não é preciso começar com valores altos para ter resultados. No início, separe uma pequena verba, invista e veja o retorno. Faça pequenos ajustes a cada semana, experimentando novos públicos e postagens.

Com o tempo, você poderá se aprofundar no assunto e criar campanhas mais complexas, com mais investimentos e outras ferramentas do marketing digital.

Mas para quem está entrando agora nesse mundo, isso deve ser o suficiente.

Além de, claro, conferir todas as nossas dicas de marketing digital, carreira e outros assuntos relacionados aqui no blog.

Também não se esqueça de nos acompanhar no Facebook e no Instagram, onde fazemos lives todas as terças, às 21h.

sapiumblog

Deixe uma resposta