Copywriting: conheça a técnica para produzir textos atrativos e vender mais cursos

Uma boa campanha de marketing digital conta com textos impactantes e que aumentam suas chances de conversão. Veja como criá-los

Nas décadas de 60 e 70, copywriter era um título quase que exclusivo do redator e criativo publicitário. Ele seria o responsável por pensar no conceito, texto e até a arte de uma campanha, mesmo que não fosse ele a desenvolvê-la.

Mas tudo não poderia ser apenas charmoso e engraçado de se ler. Essa era a joia da coroa na estratégia de vendas.

Se o texto da campanha fosse muito bom, ele venderia muito. E o inverso também era verdadeiro, de certa forma.

Em uma época com poucas opções de mídia e formatos de veiculação, o texto era quem se destacava para o consumidor.

Eles eram incisivos, diretos e até mesmo agressivos em cima de seus concorrentes.

Sua inteligência, humor e ironia também cativavam o público que faria uma publicidade espontânea (boca a boca) bem forte para a época.

Isso tudo aconteceu na golden era da publicidade. Hoje, as coisas mudaram bastante, inclusive o significado de copywriting ganhou uma nova cara. Logo abaixo você já vai entender melhor:

Agora, o que é o copywriting?

O copywriting perdeu um pouco de seu “glamour”, no bom sentido da frase, e agora não é preciso trabalhar em uma grande agência de Manhattan para receber o título.

O copywriter atual é quem ainda trabalha com a estratégia de convencer e converter os clientes por meio de seus textos, mas agora faz isso com novas ferramentas e canais.

Em comparação direta com os redatores publicitários, os copywriters se diferem por trabalharem de forma mais informativa, através de textos de blog e marketing de conteúdo, enquanto os redatores publicitários focam em uma venda mais branda, de forma a prestigiar a marca e o produto com seus textos.

É difícil separar as atividades como água e vinho, já que uma deriva da outra e ainda há muitos momentos que as práticas se cruzam.

Mas, de uma maneira simplificada, podemos dizer que o novo copywriting é a técnica de produzir conteúdos valiosos e relevantes para os usuários, um recurso fundamental em uma estratégia de marketing digital e que também trabalha diretamente com elementos de CTA e conversão direta, deixando o texto de venda mais branda para os redatores publicitários.

Como incorporar a técnica de copywriting no seu marketing de conteúdo?

Nas estratégias de marketing digital atuais, é imprescindível trabalhar o marketing de conteúdo – já falamos aqui, sobre a importância de se tornar uma autoridade em assuntos da sua área –, portanto, técnicas de copywriting podem te ajudar a produzir materiais mais interessantes, educativos, persuasivos e valiosos para os usuários.

Mas, então, por onde começar e como ser um copywriter?

Bem, primeiro você precisará ter em mente que ninguém se torna um perfeito copywriter do dia para a noite (ou até mesmo depois de muito tempo), já que escrever textos com elementos certos, técnicas de SEO, iscas digitais, CTAs e outros itens que fazem parte dessa técnica requer uma certa prática.

Então, a melhor saída para escrever conteúdos de qualidade é começar a ler conteúdos de qualidade.

Nesse caso, principalmente conteúdos relacionados ao Marketing de Conteúdo.

Eles proporcionarão uma boa noção do que essa estratégia trabalha, assim como guiarão o consumidor através de sua jornada, levando-o para o funil de vendas correto.

Ler esse tipo de conteúdo também fará você assimilar, mesmo que inconscientemente, formas de escritas que poderão ser aplicadas aos seus próprios textos no futuro.

Se você gostou muito de um texto e sua leitura foi agradável e útil, significa que provavelmente aquele conteúdo cumpriu muito bem o seu propósito. Dê uma atenção especial a ele e releia-o para encontrar detalhes das técnicas utilizadas.

Estude mais

O marketing de conteúdo é um assunto bem extenso e amplo, portanto, para virar um bom copywriter você precisará investir diariamente algumas horas de estudo nessa área, pelo menos no começo.

Além disso, existe muito material fragmentado pela internet, o que significa que é muito fácil você cair de paraquedas em blogs que tratam do assunto, mas que naquele momento não são úteis a você.

Nesse caso, recomendamos que você conheça o trabalho de alguns dos maiores especialistas brasileiros no assunto, como a Rock Content e a Resultados Digitais.

Através deles, você poderá encontrar conteúdos para iniciantes, intermediários e avançados sem se perder.

Além disso, também é importante que você continue lendo os blogs que já conhecem e também trabalham conteúdos relacionados a outras áreas, como aqui na Sapium, já que utilizamos constantemente das técnicas de copywriting.

Também é importante praticar

Ler muito te fará um bom leitor, mas não necessariamente um bom escritor – ainda que ajude.

Por isso, é importante que você pratique a sua escrita desde o começo.

Isso também ajudará a perder algumas amarras de iniciantes, como para onde guiar o seu texto ou quais palavras usar.

Para começar com o pé direito, vamos falar sobre algumas coisas que o seu texto deve fazer:

  • Criar um relacionamento: o copywriting vende, converte, educa e mais importante, relaciona. Ele mostra ao usuário que aquela marca está lá, disposta a solucionar seus problemas e guiá-lo até onde ele quer chegar. O seu texto deve criar esse ambiente acolhedor e amigável através de uma escrita solta, de fácil compreensão e que, de fato, recompense o tempo do leitor;
  • Levar o usuário adiante: as pessoas chegarão ao seu conteúdo porque tem um objetivo a ser cumprido. Portanto, o seu texto deve ser útil para que elas saiam de lá aptas a pelo menos iniciar os trabalhos para realizar esse objetivo, seja através de um material educativo com o marketing de conteúdo ou uma estratégia de conversão e boa utilização de CTAs;
  • Agregar valor para sua marca: um bom copywriter sempre escreve textos pensando em como aquele conteúdo será útil ou irá converter mais pessoas. Mas ele também sabe que essa é uma oportunidade de agregar valor à própria marca, seja aumentando ainda mais a sua autoridade ou promovendo um serviço/produto que case com a solução oferecida.

Agora, um pequeno desafio da Sapium: para trabalhar suas técnicas de copywriting, escreva um texto sobre como o seu público-alvo se beneficiaria dos conteúdos abordados no seu curso online. Vale até mesmo consultar outros textos aqui do nosso blog ou em outro lugar!

sapiumblog

Deixe uma resposta