Fazer cursos é importante para quem quer começar na área de design, por isso elencamos cursos de até 100 reais para você

Uma área que ultimamente está ganhando bastante visibilidade e reconhecimento que merece é a área do design gráfico. A procura e demanda pelo curso de design gráfico sempre foi alta, mas nos últimos anos ela decolou. 

Com todas as mudanças de logo e identidades visuais das grandes empresas nos últimos tempos, o papel do designer gráfico ficou cada vez mais em destaque e, com isso, a sua importância aumentou. 

Esse trabalho exige criatividade, perfeccionismo, agilidade, estar sempre alerta a tendências do mercado e, principalmente, afinidade com novas ferramentas. 

Veja, aqui, sobre o design gráfico, como entrar nesse mercado e como é o curso! 

Curso designer gráfico. | Foto: Unsplash.

Como começar no mercado de design gráfico?

Ingressar no design gráfico pode ser o sonho de muitas pessoas, quando têm o primeiro contato com a profissão, mas para isso é necessário ter uma série de habilidades.

Para poder se encontrar nessa área, é preciso ter uma certa afinidade com desenhos, além de ter um apreço pela arte (falando de uma forma geral). Essas são umas das características principais e desejáveis que os profissionais, que pretendem seguir carreira em design gráfico, precisam ter.

Por causa disso, é possível notar um padrão entre as pessoas que se formam no curso design gráfico que, por terem mais afinidade com as artes do que outras pessoas, consequentemente possuem uma sensibilidade muito aguçada.

Outra característica considerada chave para esse trabalho, é gostar de usar a tecnologia a seu favor. O profissional dessa área faz uso de muitas ferramentas de computação gráfica em seus projetos, como Canva, Photoshop, Illustrator e Premiere. Essas ferramentas estão sempre passando por atualizações, então é importante sempre se manter informado e atualizado!

Um designer gráfico precisa, além de tudo, ser criativo e inovador. Para manter sempre seu bom senso estético, é necessário que este profissional esteja sempre por dentro de todas as tendências que ocorrem dentro do setor, pesquisando bastante sobre novas tecnologias e formas de comunicação.

Um bom profissional dessa área deve priorizar sempre a organização, disciplina e comprometimento com resultados, pois são coisas fundamentais para que um designer gráfico consiga sempre gerenciar seus projetos e entregá-los dentro do prazo.

O designer gráfico pode trabalhar em diversas áreas e tem como principais atividades a criação e produção de animações, a criação de logotipos para marcas, definição de aparência e formato para páginas de jornais e revistas, a criação de identidade visual de sites e blogs para a internet e o planejamento e desenvolvimento de anúncios, vinhetas, panfletos e cartazes para a programação televisiva.

Existe, também, a possibilidade de atuação dentro da área de design de produtos, sendo responsável por desenhar novos produtos para as mais variadas áreas, levando em consideração os aspectos funcionais, além dos aspectos estéticos e utilitários desse objeto.  

Outra opção de atuação, que o designer gráfico tem, é a de desenhar móveis, jóias, peças de vestuário, equipamentos médicos, eletrodomésticos, peças para maquinário industrial e muitas outras opções. Tudo isso depende daquilo que o profissional almeja e tem mais afinidade, sendo possível encontrar a área certa, logo após a graduação do curso.

Um erro comum cometido por designer gráficos freelancers, que foram lançados há pouco tempo, é a ideia errada de que pontos importantes da profissão, como o marketing, precificação, aprendizado contínuo, branding e assuntos jurídicos (além de muitos outros que podem ser citados), não são importantes e podem ser pensados e tratados em um outro momento. Porém, com o passar do tempo e com as turbulências que sempre surgem nos negócios, esse profissional pode perceber que ele não tinha o preparo necessário para lidar com elas, causando mais problemas.

Ao falar da criação de um negócio, o designer freelancer precisa saber que há a necessidade de um planejamento melhor e sempre pensar, planejar e estruturar uma ideia antes de colocar ela em ação. E o fato de ser um empreendedor pequeno, não diminui essa necessidade de organização. 

É sempre necessário ter o maior cuidado possível com o planejamento, já que isso pode prevenir essas turbulências, que muitas vezes podem ser difíceis de reparar e consertar, devido a limitação de recursos.

Como é o curso de design gráfico?

Para conseguir adentrar a área do design gráfico, é importante passar por um curso primeiro, para aprender todas as técnicas e adquirir as habilidades necessárias.

O curso de design gráfico, na graduação, é oferecido na habilitação de bacharelado e pode durar quatro anos. Porém, é possível optar pelo curso tecnólogo, que também conta como uma graduação de nível superior, dura apenas dois anos e é mais focado nas necessidades do mercado de trabalho atual.

Com o passar do curso, o estudante aprende disciplinas teóricas que podem fazer a diferença na hora do trabalho, como história da arte, técnicas de representação, desenho, design, estética e design de embalagens. Existem também as disciplinas técnicas, como desenho e ilustração e gestão e planejamento, que tem como o intuito ajudar o futuro profissional a desenvolver seus projetos de maneira efetiva. Também é importante citar que no fim dos quatro anos, o aluno desenvolve um Trabalho de Conclusão de Curso, o temido TCC.

Ao considerar os últimos anos, é possível notar o surgimento de ofertas de curso superior da área do design gráfico também na modalidade EAD, tendo o reconhecimento do Ministério da Educação, o MEC. 

É importante, também, citar que todo curso reconhecido pelo MEC tem a possibilidade de emitir um diploma válido. Por esse motivo, sempre tenha atenção na hora de escolher o seu curso e sua universidade, para garantir que todo o seu esforço seja recompensado no final.

Ao falar dos cursos, é possível escolher tanto as aulas remotas, quanto as aulas presenciais. Caso você seja uma pessoa que tenha uma rotina muito corrida e queira uma certa praticidade e economia de tempo, é possível que a modalidade EAD seja a ideal para você!Com todo esse conhecimento, é possível dizer que você já pode decidir se o curso de design gráfico é o caminho para você. Por isso, a Sapium fez uma seleção de 9 cursos de até R$ 100 para você poder aprender sobre design gráfico sem gastar muito!

sapiumblog

Deixe uma resposta