Google Adwords: o que é e como funciona o gigante do tráfego pago

Nos dias de hoje, criar conteúdo na internet é algo comum. Por isso, é importante saber as ferramentas certas para se destacar. Uma delas é o Google Ads. Estar ciente de todo tipo de publicidade que possa ser utilizada para alavancar o seu negócio é uma das coisas mais importantes a fazer e investir.

Se você é professor e está pensando em criar e vender seus conteúdos na internet, é importante saber o que é essa ferramenta do Google e como ela funciona. Entendendo melhor sobre como impulsionar seus conteúdos pela rede, utilizando ferramentas especiais como o Google Ads, você atrai mais alunos e terá sucesso com suas aulas.

A Sapium é uma start-up de tecnologia e educação, com o objetivo de criar uma plataforma nas quais é possível disponibilizar seu curso online, permitindo que professores e alunos interajam entre si. Na Sapium, você pode utilizar diversas ferramentas, como, por exemplo, criar anúncios para o Google com o Sapium School 4.0. Assim, vamos entender direitinho o que é google ads e como o google ads funciona neste texto! 

Google Adwords: o que é e como funciona o gigante do tráfego pago

O Google Adwords, hoje chamado de Google Ads, é uma plataforma de anúncios criada pelo Google. Ele teve sua estreia nos anos 2000, em sua primeira versão. Desde seu lançamento, ele é o líder do mercado de mídia online.

O Google Ads nada mais é do que uma ferramenta de publicidade, sendo possível criar anúncios de pesquisa, de display, no Youtube, no Gmail e na Play Store. 

Sabe quando você faz uma pesquisa no Google e encontra links que se destacam nos resultados? Aqueles que aparecem logo de primeira? Então, há grandes chances de ser Google Ads. E os clássicos anúncios antes do vídeo que você clicou para assistir no YouTube? Também pode ser Google Ads. Ainda há outra situação, quando você vai ler algum conteúdo em algum blog e no canto você avista aquele anúncio novamente. Mais uma vez, existe a possibilidade de ser Google Ads.

Esses três exemplos se categorizam em três tipos de publicidades: pesquisa, YouTube e sites, mas todos podem ser criados e gerenciados pelo Google Ads.

Aprenda aqui sobre publicidade: google ads criar conta | Foto: Unsplash

O que é o Google Ads

O Google Ads (antigo Google AdWords) é a ferramenta de anúncios e publicidades do Google. Dados mostram que, em 2019, a receita publicitária do Google Ads atingiu U$ 134 bilhões de dólares. Já a plataforma de anúncios do Facebook fica em segundo lugar, com U$ 69 bilhões de dólares, ainda bem distante do Google Ads.

O Google Ads exibe anúncios em formas de links, todos patrocinados. Assim, quando você vai pesquisar algo na internet, a ferramenta mostra os resultados dessa busca se baseando nas palavras-chave que foram utilizadas na pesquisa.

Se, por exemplo, você buscar por “google ads como funciona”, “o que é google ads” ou ainda “google ads criar conta”, perceba que os primeiros links que vão aparecer são da própria plataforma Google Ads.  

Como funciona o Google Adwords

O Google Ads funciona em prol do desempenho. Ou seja, quanto melhor o trabalho, melhor o resultado. Isso funciona da seguinte forma: caso seu anúncio pelo Google Ads não gere nenhum clique, vendas ou destaque, você não paga nada.

Em outras palavras, a empresa não paga pelo número de impressões, mas sim pelos resultados das publicidades. O Google Ads funciona de uma maneira que as publicidades sejam investidas em uma audiência qualificada, ou seja, o público-alvo do seu negócio.

Os anúncios gerados ficam em destaque e, com todo o processo da ferramenta Google Ads, chamarão a atenção de grupos específicos.No caso dos professores, imagine que você dá aulas de matemática. É preferível que os anúncios e publicidades de suas aulas apareçam para 5 mil pessoas aleatórias, que podem nem ter interesse em ter esse tipo de aula, ou em 500 pessoas que realmente estão procurando se aperfeiçoar em matemática?

A mágica acontece com cookies e palavras-chave. Assim, os anunciantes conseguem determinar onde os anúncios serão exibidos.O Google Ads funciona como um leilão, mas com um diferencial, nem sempre a maior oferta ganha. Os anunciantes oferecem dinheiro em troca de cliques em seus anúncios. Não basta pagar valores exorbitantes, é necessário colocar um bom anúncio ali.

O Google também analisa alguns fatores para classificar as posições dos anúncios com base no Ad Rank. O Ad Rank nada mais é que Índice de qualidade (IQ) X Lance (CPC máximo). É aquela história, os concorrentes podem ter dado lances maiores, mas seu anúncio ainda pode se destacar devido a qualidade. Os componentes desse Índice de qualidade são: CTR, Relevância e Página de destino.

História

O Google, hoje uma das empresas mais valiosas do mundo, surgiu em 1998. Três anos depois de nascer, a marca já tinha conquistado o espaço como a principal ferramenta de busca na internet.

Seus fundadores foram Sergey Brin e Larry Page. Juntos, pensaram em como iriam gerenciar e rentabilizar tantas demandas que aconteciam nessa ferramenta. Assim, encontraram o Go.To.com e esse sistema era justamente o ninho dos links patrocinados.

Então, o Google Ads ou Adwords, da forma antiga, surgiu e não perdeu tempo em gerar bilhões de dólares.

Atualizações feitas

No início, o modelo permitia uma linha com 25 caracteres e outras duas linhas com 35 caracteres cada. Depois de otimizações e atualizações, os anúncios passaram a contar com 2 títulos de 30 caracteres cada e, ainda, uma terceira linha com espaço para 80 caracteres.

Além disso, também adaptaram as visualizações das publicidades e anúncios para os smartphones, além do computador.

Observações importantes antes de começar

É importante ficar atento em alguns pontos antes de começar o Google Ads e colocar seus anúncios em prática:

  • Dar um passo de cada vez. Não se afobe, analise e entenda a ferramenta muito bem antes de fazê-la funcionar para o seu negócio;
  • Escolher as palavras-chave ideais e também o tipo certo de palavras-chave;
  • Nem todos os seus anúncios vão ser brilhantes, mesmo você achando que entende tudo sobre publicidades. Acontece. Estude mais e supere isso;
  • Acredite: palavras-chave negativas melhoram o desempenho;
  • Comece sempre devagar, você vai ganhar experiência com o tempo;
  • Seu anúncio aparecer no topo não significa que vai gerar mais cliques;
  • Depois de conseguir seus primeiros resultados, não é hora de investir mais dinheiro nos anúncios, e sim realizar testes com esse anúncio que deu certo, para melhorar o desempenho dele.

Gráfico do próprio Google que ajuda na escolha das palavras-chave | Foto: Neilpatel

Principais erros cometidos

Todo mundo comete erros no mundo dos anúncios e publicidades. Os erros mais comuns no mundo do Google Ads são:

  • Não definir seu público-alvo;
  • Colocar muitas palavras-chave, pois isso empobrece seu anúncio;
  • Não realizar testes com seus anúncios, ou seja, testar outras linguagens ou outras maneiras de exibi-lo;
  • Deixar de acompanhar o que o usuário faz após o clique. Verifique se gerou mais vendas;
  • Não integrar o Google Ads ao Google Analytics, isso permite melhor apuração do seu conteúdo;
  • Deixar de conhecer seus concorrentes. Faça uma pesquisa de mercado. Quais são os pontos fracos e os pontos fortes das outras empresas?

Passo a passo de como criar uma conta

  • Acesse a página inicial do Google Adwords;
  • É necessário ter uma conta no Gmail. Caso ainda não possua, você pode criar um novo nome de usuário no Google Ads clicando em ‘começar agora’;
  • Agora, você poderá escolher um nome de usuário e senha que usará no Google Ads;
  • Depois, você irá verificar sua conta, caso você não tenha entrado com uma conta já existente do Gmail;
  • Pronto, conta criada! Agora, é só fazer o login com usuário e senha.

Como anunciar

Depois de fazer o login, o Google Ads já vai solicitar o seu primeiro anúncio. Agora, é o momento de configurar toda sua campanha. Escolha um nome, idioma da audiência, localização, configurações de rede, lances e opções de orçamento, entre outros elementos. Dê uma olhada no exemplo:

Página de criação de campanha | Foto: Amazonaws  

O Google Ads vai pedir todas as informações necessárias, que consistem em:

  • Orçamento (quanto você está disposto a investir, e isso vai definir quantas vezes seu anúncio vai ser exibido por dia);
  • Locais (onde seu anúncio vai aparecer, possível localização de clientes);
  • Redes (escolher dispositivos e locais que seu anúncio vai aparecer;
  • Palavras-chave;
  • Texto do anúncio.

Você também deverá escolher o tipo de conta (negócio ou individual), fornecer informações de cobrança, definir informações de fuso-horário e país e território.

Tudo é bem intuitivo e é só seguir preenchendo o que a plataforma vai pedindo. Depois de fornecer as informações básicas do seu anúncio, clique em ‘salvar’ e ‘continuar’ no botão na parte inferior da página.

A importância de utilizá-lo para o seu conteúdo

Quando você tem o desejo de impulsionar seu negócio e não sabe muito bem em qual parte investir, tenha certeza que anúncios e publicidades são os principais candidatos para isso. Usar o Google Ads no seu conteúdo, principalmente nos dias atuais, é saber se destacar com seu negócio, conseguir mais clientes e consequentemente lucrar mais.

Isso porque essa ferramenta produz informações essenciais sobre os hábitos e necessidades que os consumidores têm. Antigamente, isso não existia. Essas informações são muito valiosas e por isso são usadas para melhorar produtos e serviços. Enquanto isso, o Google Ads também vai melhorar toda a estratégia de marketing do seu negócio.

Vantagens do Google Adwords

Para finalizar, dê uma olhada nas vantagens do Google Ads:

  • Você pode medir e analisar tudo direitinho, assim você vê o que funciona e o que não funciona;
  • Funciona de maneira escalável, ou seja, aumentando seu orçamento, seus lucros aumentarão na mesma proporção;
  • Você pode personalizar exatamente como você precisa o seu anúncio;
  • Ele é mais rápido que SEO;
  • Podem reforçar ainda mais as estratégias de marketing do seu negócio;
  • Faz sua marca ser mais reconhecida. Isso porque essa ferramenta revolucionou o jeito de fazer publicidade e, com seus recursos, as empresas podem anunciar diretamente para seu público-alvo e para quem tem realmente a intenção de comprar e não “às cegas”, como antigamente;
  • Você pode programar seus conteúdos para alcançar o público na hora certa;
  • Quanto mais qualidade seu anúncio tiver, mais cliques!
  • O vínculo entre Google Ads e Google Analytics, como já citado, deixa essa ferramenta ainda mais forte.
sapiumblog

Deixe uma resposta